Monday, June 17, 2019

Vladimir Putin proferiu um discurso na sessão plenária do Fórum Económico Internacional de São Petersburgo.





Sessão Plenária do Fórum Económico Internacional de São Petersburgo
Vladimir Putin proferiu um discurso na sessão plenária do Fórum Económico Internacional de São Petersburgo.
7 de Junho de 2019
17:50




Sessão Plenária do Fórum Económico Internacional de São Petersburgo.

Também participaram na Sessão Plenária do Fórum Económico Internacional de São Petersburgo, o Primeiro Ministro da Arménia, Nikol Pashinyan, o Primeiro Ministro da Eslováquia, Peter Pellegrini, e o Secretário Geral da ONU, Antonio Guterres. A discussão é moderada pela jornalista, apresentadora do RT TV Channel, Sophie Shevardnadze.
* * *
Sophie Shevardnadze (traduzido): Saudações a todos,
Sou Sophie Shevardnadze. Estou muito feliz por poder moderar hoje a sessão plenária, porque o Fórum de São Petersburgo é uma plataforma única que reúne empresários, oficiais e dirigentes cujos caminhos nunca se tinham cruzado em parte nenhuma, no mundo. Encontramo-nos todos anos para descobrir como levar o mundo para a frente.
Tive a oportunidade de falar com os oradores pouco antes do início. Penso que estão empenhados em ter uma conversa franca. De qualquer maneira, espero, realmente, que a tenhamos hoje.
E agora, os discursos tradicionais dos Chefes de Estado. Senhor Presidente, o Senhor é o primeiro.
Presidente da Rússia, Vladimir Putin: Boa tarde, Amigos e Colegas, Senhoras e Senhores.
Sinto-me feliz por receber na Rússia, todos os chefes de Estado e de Governo, todos os participantes do Fórum Económico Internacional de São Petersburgo.
Agradecemos aos nossos convidados pela atenção e atitude amistosa com a Rússia e pela sua disposição para um trabalho conjunto e de cooperação empresarial que se baseia sempre, como os líderes empresariais bem sabem, no pragmatismo, na compreensão dos interesses mútuos e, claro, na confiança recíproca, na franqueza e em posições bem definidas.
Gostaria de aproveitar o espaço do SPIEF para vos falar não só dos objectivos e tarefas que nós, na Rússia, definimos para nós, mas também sobre os nossos pontos de vista sobre o estado do sistema económico global. Para nós, não é uma conversa abstracta nem uma discussão académica. O desenvolvimento da Rússia, simplesmente em virtude do seu tamanho, História, cultura, potencial humano e oportunidades económicas, não pode ocorrer fora do contexto global, sem a correlação dos programas domésticos, nacionais e globais.
Então, qual é hoje a nossa posição ou, pelo menos, como a vemos na Rússia?

LER MAIS em
https://tributetoapresident.blogspot.com/2019/06/vladimir-putin-proferiu-um-discurso-na.html


DEUTSCH -- BENJAMIN FUFORD: 17:06:2019


17. Juni 2019
Der Kollaps des zionistischen Kontrollgitters ist jetzt öffentlich, da selbst die Unternehmens-Mainstreamedien-Propaganda über die Angriffen auf die Tanker bei Oman letzte Woche als „False Flags“ berichten. Die Situation hat einen Punkt erreicht, an dem frühere US-Kolonien wie Deutschland und Japan offen und öffentlich dem US-Präsidenten und Außenminister bei diesem Thema Paroli bieten. Diese surreale Wendung der Ereignisse ist mit dem Fall des Kommunismus und der Sowjetunion vergleichbar.
In diesem Fall sind wir Zeugen des Falls der US-Unternehmensregierung und (vielleicht) der Wiedergeburt der Republik der Vereinigten Staaten von Amerika. Tatsächlich könnten wir sogar Zeugen des Sturzes von der Macht der geheimen Familiengruppierungen sein, die sich hinter dem Monotheismus verstecken.

RU -- Бен Фулфорд 17 июня 2019 года



Бен Фулфорд 17 июня 2019 года - Сионистский кризис в Омане не позволяет манипулировать нефтяными фьючерсными рынками


Падение сионистской системы контроля становится сейчас достоянием общественности, так как даже корпоративные пропагандистские средства массовой информации сообщают о нападениях на танкеры близ Омана, как о событии под “ложным флагом". Ситуация дошла до того, что бывшие колонии США, такие как Германия и Япония, открыто и публично бросают вызов президенту и госсекретарю США по этому вопросу.  Этот сюрреалистический поворот событий сравним с падением коммунизма и Советского Союза.


В данном случае мы являемся свидетелями падения корпоративного правительства США и (возможно) возрождения Республиканских Соединенные Штаты Америки.  Фактически, мы можем даже быть свидетелями падения власти тайных семейных группировок, скрывающихся за монотеизмом.

IT -- BENJAMIN FULFORD: 17:06:2019

Benjamin Fulford: Crollo sionista , l'acrobazia della petroliera in Oman non riesce a manipolare i mercati dei futures petroliferi

Sa Defenza 






Il crollo della rete di controllo sionista è di pubblico dominio,  anche imedia mainstream di propaganda corporate riportano gli attacchi della scorsa settimana su petroliere vicino Oman si tratta di "falsa bandiera". La situazione ha raggiunto il punto che ex colonie statunitensi come Germania eGiappone sfidano apertamente e pubblicamente il Presidente e il Segretario di Stato degli Stati Uniti su questo tema. Questa svolta surreale degli eventi è paragonabile alla caduta del comunismo e dell'Unione Sovietica.


Read more at

NL -- BENJAMIN FUFORD: 17:06:2019


Zionistische Kernsmelting als de Oman-Tankerstunt Faalt in het Manipuleren van Olie Termijn Markten
Benjamin Fulford / 17 Juni 2019
De kernsmelting van het zionistische controle grid is nu openbaar, omdat zelfs de corporatieve mainstream propaganda media van het bedrijf de aanslagen, vorige week op tankers in de buurt van Oman, als "valse vlag" melden. De situatie heeft het punt bereikt dat voormalige Amerikaanse kolonies zoals Duitsland en Japan openlijk en publiekelijk de Amerikaanse President en minister van Buitenlandse Zaken tarten over deze kwestie. Deze surrealistische wending van gebeurtenissen is vergelijkbaar met de val van het communisme en de Sovjet-Unie.

Vladimir Putin proferiu um discurso na sessão plenária do Fórum Económico Internacional de São Petersburgo.





Sessão Plenária do Fórum Económico Internacional de São Petersburgo
Vladimir Putin proferiu um discurso na sessão plenária do Fórum Económico Internacional de São Petersburgo.
7 de Junho de 2019
17:50




Sessão Plenária do Fórum Económico Internacional de São Petersburgo.

Também participaram na Sessão Plenária do Fórum Económico Internacional de São Petersburgo, o Primeiro Ministro da Arménia, Nikol Pashinyan, o Primeiro Ministro da Eslováquia, Peter Pellegrini, e o Secretário Geral da ONU, Antonio Guterres. A discussão é moderada pela jornalista, apresentadora do RT TV Channel, Sophie Shevardnadze.
* * *
Sophie Shevardnadze (traduzido): Saudações a todos,
Sou Sophie Shevardnadze. Estou muito feliz por poder moderar hoje a sessão plenária, porque o Fórum de São Petersburgo é uma plataforma única que reúne empresários, oficiais e dirigentes cujos caminhos nunca se tinham cruzado em parte nenhuma, no mundo. Encontramo-nos todos anos para descobrir como levar o mundo para a frente.
Tive a oportunidade de falar com os oradores pouco antes do início. Penso que estão empenhados em ter uma conversa franca. De qualquer maneira, espero, realmente, que a tenhamos hoje.
E agora, os discursos tradicionais dos Chefes de Estado. Senhor Presidente, o Senhor é o primeiro.
Presidente da Rússia, Vladimir Putin: Boa tarde, Amigos e Colegas, Senhoras e Senhores.
Sinto-me feliz por receber na Rússia, todos os chefes de Estado e de Governo, todos participantes do Fórum Económico Internacional de São Petersburgo.
Agradecemos aos nossos convidados pela atenção e atitude amistosa com a Rússia e pela sua disposição para um trabalho conjunto e de cooperação empresarial que se baseia sempre, como os líderes empresariais bem sabem, no pragmatismo, na compreensão dos interesses mútuos e, claro, na confiança recíproca, na franqueza e em posições bem definidas.
Gostaria de aproveitar o espaço do SPIEF para vos falar não só dos objectivos e tarefas que nós, na Rússia, definimos para nós, mas também sobre os nossos pontos de vista sobre o estado do sistema económico global. Para nós, não é uma conversa abstracta nem uma discussão académica. O desenvolvimento da Rússia, simplesmente em virtude do seu tamanho, História, cultura, potencial humano e oportunidades económicas, não pode ocorrer fora do contexto global, sem a correlação dos programas domésticos, nacionais e globais.
Então, qual é hoje a nossa posição ou, pelo menos, como a vemos na Rússia?

LER MAIS em
https://tributetoapresident.blogspot.com/2019/06/vladimir-putin-proferiu-um-discurso-na.html


ENGLISH -- BENJAMIN FULFORD: 17:06:2019


2019-06-17

The meltdown of the Zionist control grid is now public, as even the corporate mainstream propaganda media is reporting the attacks last week on tankers near Oman as “false flag.”  The situation has reached the point that former U.S. colonies like Germany and Japan are openly and publicly defying the U.S. President and Secretary of State on this issue.  This surreal turn of events is comparable to the fall of Communism and the Soviet Union.
In this case, we are witnessing the fall of the U.S. corporate government and (possibly) the rebirth of the Republic of the United States of America.  In fact, we may even be witnessing the fall from power of the secret family groupings hiding behind monotheism.
The 13 bloodlines who have controlled monotheism are, in fact, negotiating a new system for running the planet, according to European royals and members of the White Dragon Society (WDS).  If these negotiations succeed, it will be the biggest event in thousands of years of human history.  If they fail, there will be chaos and bloodshed, especially among the elite, anti-bloodline Gnostic Illuminati, sources say.
Even if this sounds exaggerated, events in the actual real world do show a fundamental change.  Let’s start with the failure of the false flag attack of the coast of Oman.  U.S. naval intelligence and CIA sources followed the money to see who benefits from this attack.  The trail led to the Rothschild-owned Glencore commodities company in Switzerland, which had positioned itself to profit from a spike in oil futures prices immediately before this attack took place, the sources say.  Unfortunately, the oil futures price spike turned out to be merely a dead cat bounce and the Rothschilds failed to profit as expected.  That’s because the markets, and the world, have had enough of the Zionists crying Iranian wolf, they say.
What’s interesting about this latest provocation is how even a former U.S. colony like Japan is no longer going along with the Zionist playbook.  To quote from corporate news reports, “Even if it’s the United States that makes the assertion, we cannot simply say we believe it,” said a source close to Japanese Prime Minister Shinzo Abe.  If having expertise sophisticated enough to conduct the attack could be a reason to conclude that the attacker was Iran, “That would apply to the United States and Israel as well,” said a source at the Foreign Ministry.
https://japantoday.com/category/national/japan-demands-more-u.s.-proof-that-iran-attacked-tankers
As far back as I can remember, this sort of public Japanese rebuke of a sitting U.S. administration has never happened even once since Japan lost World War II.
The attack in Oman came as Abe was in Iran trying to get Iranian agreement for a new financial system, Japanese military intelligence sources say.  The Iranians were supportive, but …

To be continued.

índice


“Copyright Zambon Editore”

PORTUGUÊS

GUERRA NUCLEAR: O DIA ANTERIOR

De Hiroshima até hoje: Quem e como nos conduzem à catástrofe

ÍNDICE

TRIBUTE TO A PRESIDENT


NA PRMEIRA PESSOA

Um auto retrato surpreendentemente sincero do Presidente da Rússia, Vladimir Putin

CONTEÚDO

Prefácio

Personagens Principais em 'Na Primeira Pessoa'

Parte Um: O Filho

Parte Dois: O Estudante

Parte Três: O Estudante Universitário

Parte Quatro: O Jovem especialista

Parte Cinco: O Espia

Parte Seis: O Democrata

Parte Sete: O Burocrata

Parte Oito: O Homem de Família

Parte Nove: O Político

Apêndice: A Rússia na Viragem do Milénio


The Putin interviews


The Putin Interviews
by Oliver Stone (
FULL VIDEOS) EN/RU/SP/FR/IT/CH


http://tributetoapresident.blogspot.com/2018/07/the-putin-interviews-by-oliver-stone.html




Q




Subtitles in CA/CH/CR/DE/EN/FI/FR/HE/IT/JP/NL/PL/PT/SH/SP/SV/TR

To get the subtitles please click upon the small dented wheel at the bottom right side of the video and choose your language.


FOX NEWS

Followers